Livro Akasha Ebook

AKASHA – Memória de Deus

Quando escrevi AKASHA fui inspirado na pintura de uma tela  que foi fluindo à medida que escrevia o romance. Intitulei-o de romance espiritual porque acima de tudo colocou muitas dos meus paradigmas espirituais em causa. Não eram raras as vezes que relia o que escrevia e que me contradizia nos meus próprios pensamentos. Mais tarde, a vida mostrou-me que não eram os meus pensamentos que ditavam o que eu me Tornara enquanto escrevia. Aquilo que eu pensava era diferente daquilo que Eu Era enquanto escrevia. A minha inspiração conetava-me com a fonte, com a memória Universal onde tudo o que se passou, passa e passará fica eterizado e eternizado… Houve quem lhe chamasse a grade cristalina. Eu chamo-lhe a memória de Deus. Ao escrever sobre AKASHA, simplesmente acedi aos registos akáshicos. Através de mim tudo fluiu como que uma corrente em espiral que transborda sobre o mar…Bastou sintonizar-me naquela exata frequência. Sem saber bem como, de uma forma inconsciente, canalizei-me com o divino através do AKASHA. A partir desse portal, o meu poder subconsciente  materializou (imprimiu) a energia criativa  (prana). Com a minha inspiração (fé, imaginação e ação) coloquei na minha espiral primordial (vortex) o que se veio a materializar como AKASHA – Um romance Espiritual.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *